Templates da Lua

refeições anteriores

+ coma mais

outros restaurantes

rss feed

mesapratres no twitter

mesapratres no orkut

fale com o garçom

cliente número

Segunda-feira , 11 de Maio de 2009

.:: SOBRE COMO IR AO MOTEL E LEVAR FUMO ::.

 

Gente e essa lei seca do cigarro hein? Foi publicada na última sexta-feira no diário oficial. Em resumo, a partir do dia 6 de agosto de 2009, ninguém mais poderá fumar em praticamente lugar nenhum, com algumas óbvias exceções do tipo dentro de casa e do próprio carro - no melhor estilo ‘se for dirigir não beba, só fume’.

 

Eu tenho muita coisa pra falar sobre o cigarro. Tenho teses absolutamente convincentes tanto contra quando a favor do tabaco. Eu convenceria o Serra a começar a fumar hoje mesmo se eu quisesse (cara de fumante ele já tem). Enfim.

 

Fumante que sou há longos quinze anos, soa um pouco tendencioso falar dessa porra dessa lei. Não sei se sou contra ou a favor dela, ainda não tenho uma opinião formada. Mas tenho muita coisa pra falar do cigarro. O cigarro mata, óbvio. Faz mal pro corpo, mas faz bem pra alma, já dizia minha sábia avó.

 

Se tem uma coisa que eu não suporto nessa vida, pior do que não-fumante, é ex-fumante. Não existe pior caráter do que o do ex-fumante, já alertava Mário Prata.

 

“Fumei durante vinte anos. Mas parei há tempo.”

 

A tempo de quê? De encher o meu saco?

 

Olha, eu sempre fui um fumante chato. Desses que fumam mas não gostam de ninguém fumando por perto, sabe? Fumaça de cigarro me incomoda quando eu não estou fumando. Exatamente por isso, e por alguns outros motivos de saúde coletiva, eu sou um pouco - eu disse um pouco - a favor dessa lei. Mas sabe, algumas coisas nessa lei me incomodam bastante.

 

Eu juro que li e reli a lei umas duzentas vezes, e muita coisa me pareceu bem ambígua e mal redigida. A lei, se levada ao pé da letra, por exemplo, veta qualquer pessoa de fumar embaixo de um guarda-chuva - mesmo que esteja na rua.

 

E dentro do motel pode, que coisa. Um lugar que sempre foi dedicado ao vício, não é mesmo?

 

“- Canalha, você foi visto saindo daquele motel.”

“- Mas amor, eu só fui fumar um cigarrinho...”

 

Bom, se dentro do motel pode, pode dentro da sauna também, por analogia? Não que eu frequente, longe de mim, mas como tem muito leitor aqui do blog que vai, se alguém puder esclarecer, a caixa de comentários é a serventia da casa. Obrigado.

 

Ai, tantas dúvidas.

 

E ontem eu ouvi alguém dizer que a proibição não se aplica aos presídios. É, faz sentido. Se o preso não puder fumar lá dentro, vai fazer o que? Oi, vou dar um trago ali na calçada e já volto? Não.

 

Agora fico eu aqui pensando nessa coisa de cadeia. Um lugar cheio de homem sem camisa, onde você não faz absolutamente nada, biscateia o dia todo, come de graça, dorme de graça e ainda pode fumar à vontade. Gente, eu quero ser preso. Sério.


Escrito por Garçom às 19:25:28
[ ] [ ]

Quinta-feira , 07 de Maio de 2009

.:: HUMOR AFRODESCENTENTE ::.

 

[post removido a pedido do GRAAC]

 


Escrito por Garçom às 15:24:05
[ ] [ ]